Justiça liberta jovem que roubou bebê

INFÂNCIA

, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2010 | 00h00

A adolescente de 15 anos que na semana passada se passou por estagiária de enfermagem e roubou um bebê da maternidade pública Leonor Mendes de Barros, na zona leste, foi liberada da unidade da Mooca da Fundação Casa (a antiga Febem) na manhã de ontem, depois de passar dois dias internada. A soltura foi determinada pelo plantão judiciário do Tribunal de Justiça, que levou em consideração o fato de o pai da jovem, Carlos Alberto Marques Monteiro, de 51 anos, ter contribuído com o processo ao levar a filha para depor. A sentença deixou perplexa a mãe do bebê, Luana Aparecida Pereira, de 26 anos. "Fiquei indignada. Não deveria ficar solta. Meu leite até secou por causa do nervoso."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.