Justiça liberta irmãos condenados a 30 anos

"CRIME DO ORKUT"

, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2010 | 00h00

Condenados a 30 anos de prisão pelo "Crime do Orkut", em Ribeirão Preto, os irmãos Paulo Henrique Jorge e Luiz Jorge Júnior foram libertados ontem por decisão do Tribunal de Justiça. Eles terão direito a um novo julgamento. Segundo o Ministério Público, o empresário João Carlos Duarte Paiva Arantes foi assassinado em 18 de fevereiro de 2005, dias depois de colocar mensagens no site de relacionamento insinuando que um dos irmãos havia saído com um travesti. Eles teriam, então, encomendado o crime. O Tribunal do Júri condenou os irmãos por homicídio triplamente qualificado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.