Justiça decreta prisão de homem que matou motorista após acidente em Suzano

De acordo com a polícia, homem é funcionário do Metrô e foi reconhecido 'sem sombra de dúvida' pela mulher e pela filha da vítima, que foi baleada no último domingo

Solange Spigliatti, estadão.com.br

11 de agosto de 2010 | 17h53

SÃO PAULO - Foi decretada na tarde desta quarta-feira, 11, a prisão do autor do disparo que matou o tecelão Airton Fernandes, de 45 anos, na noite de domingo, em Suzano, na região metropolitana de São Paulo, após um acidente de trânsito. O nome do suspeito ainda não foi divulgado.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o pedido para a prisão temporária do autor foi pedido ao Fórum na manhã de hoje pelo delegado Fátimo Aparecido Rodrigues, titular do 1º Distrito Policial da cidade.

 

O suspeito, de acordo com a SSP, já é considerado foragido. De acordo com a polícia, o homem é funcionário da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) e foi reconhecido "sem sombra de dúvida" pela mulher e pela filha da vítima.

Tudo o que sabemos sobre:
SuzanoacidentemorteSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.