Justiça decreta prisão de 5 vereadores no CE

Cinco dos nove vereadores de Uruoca estão foragidos da Justiça. Eles fugiram da cidade, a 310 km de Fortaleza, após terem a prisão temporária decretada pela Justiça. Os vereadores são acusados de receber ao todo R$ 180 mil em propinas para aprovar projetos de lei do ex-prefeito Manoel Conrado entre 2009 e 2011. São eles: Júnior Marçal, Evilaques Araújo da Silva, Eraldo Batista Lima, Elônio Sales Gomes e Maria Aldebiza Silveira. A prisão foi pedida pela Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública.

O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2013 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.