Justiça decreta prisão de 5 por morte em UPP

A Justiça do Rio decretou a prisão preventiva de cinco acusados da morte da soldado da PM Fabiana de Souza, de 30 anos, após um ataque à Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio. O crime aconteceu na noite de 23 de julho. Tiveram a prisão decretada Marcelo Moreira Reis, vulgo "Marcelinho da CDD"; Regis Eduardo Batista, o "RG"; Eduardo Luiz Paixão, o "2D" ou "Dudão"; Fernando Cezar Batista Filho, vulgo "Alemão"; e Mayadson Lucas Chaves.

O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.