Justiça de SP vai julgar recurso de anulação do júri do casal Nardoni

Casal foi condenado em março do ano passado pela morte da menina Isabella Nardoni

Priscila Trindade , Central de Notícias

03 de maio de 2011 | 08h38

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) vai julgar na manhã desta terça-feira, 3, o recurso da defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá para tentar anular o júri popular que condenou os dois em março de 2010 pelo assassinato de Isabella Nardoni. A decisão saíra após as 9h30. O primeiro pedido de anulação do júri feito pelo advogado de defesa Roberto Podval foi negado pela Justiça.

Eles foram condenados a 31 anos, 1 mês e 10 dias e a 26 anos e 8 meses de prisão, respectivamente, pela morte de Isabela, em 29 de março de 2008. O casal foi condenado por homicídio triplamente qualificado e fraude processual. A menina tinha 5 anos quando foi encontrada morta no terraço do Edifício London. Ela foi jogada da janela do sexto andar do prédio. O casal está na Penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo. Alexandre e Anna negam o crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.