Justiça de SP condena cinco acusados do assalto à Tiffany

Em maio de 2010, 72 peças de joias de ouro e diamantes foram roubados, um prejuízo de R$ 1,5 milhão

Priscila Trindade, estadão.com.br

16 de junho de 2011 | 14h12

SÃO PAULO - A 19.ª Vara Criminal de São Paulo condenou na última sexta-feira, dia 10, cinco acusados de assaltar a joalheria Tiffany, do Shopping Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo. O crime ocorreu em maio do ano passado. De acordo com a decisão do juiz Antonio Carlos de Campos Machado Junior, os réus não poderão recorrer da decisão em liberdade.

Segundo a denúncia, dois irmãos e mais três comparsas armados roubaram 72 peças de joias de ouro e diamantes pertencentes a joalheria, causando prejuízo estimado em R$ 1,5 milhão.

Dois dos acusados foram condenados a seis anos e oito meses de reclusão, outros dois a seis anos e o quinto acusado a cinco anos e quatro meses de reclusão. A decisão também absolveu o dono do carro usado no crime, pois não ficou comprovado o envolvimento dele no assalto. O responsável pelo carro disse que dois indivíduos numa motocicleta roubaram o automóvel dele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.