Justiça de SP adia julgamento de PM acusado de seis homicídios

Angelo Alfrefo Di Lucia é também é acusado de tentar matar seis pessoas entre janeiro e fevereiro de 2004

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

26 de novembro de 2007 | 16h16

O julgamento do Policial Militar Angelo Alfredo Di Lucia, acusado de matar seis pessoas, foi adiado para o dia 18 de fevereiro de 2008. A decisão foi divulgada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo nesta segunda-feira, 26, quando ele seria julgado por dois crimes. Di Lucia também é acusado de tentar assassinar outras seis pessoas entre os meses de janeiro e fevereiro de 2004. De acordo com o TJ, a defesa pediu o adiamento alegando que não teve conhecimento de um documento juntado pelo Ministério Público ao processo. A sessão seria presidida pela juíza auxiliar Elia Kinosita Bulman, do 2º Tribunal do Júri da capital, no fórum Santana, na zona norte da cidade. O soldado está preso no Presídio Militar Romão Gomes, também na zona norte.

Tudo o que sabemos sobre:
JustiçaPM acusadohomicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.