Justiça de Campinas proíbe Marcha da Maconha na cidade

Evento está previsto para ocorrer no próximo sábado, 28, no largo do Rosário, região central

Pedro da Rocha, Estadão.com.br

25 Maio 2011 | 19h47

SÃO PAULO - A Justiça de Campinas proibiu, nesta quarta-feira, 25, a realização de uma passeata pela liberalização da maconha. O evento está previsto para ocorrer no próximo sábado, 28, a partir das 13 horas, no largo do Rosário, centro da cidade.

 

Segundo trecho da decisão do juiz Maurício Henrique Guimarães Pereira Filho, da 5ª vara criminal de Campinas, "não cabe ao magistrado, neste momento, fazer qualquer juízo a respeito da pretensão de ver o porte e consequente uso de canabis sativa L, elencada como droga ilícita ser descriminalizado, mas sim analisar e, eventualmente, coibir práticas que encontram moldura em tipos penais incriminadores e que nada têm a ver com a pretensão salutar de ver alterada legislação, no caso, penal".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.