Justiça dá liberdade a Rafael Ilha mediante fiança de R$ 40 mil

Pedido de liberdade provisória havia sido feito pelo advogado do casal; ex-cantor do grupo Polegar deverá pagar R$ 40 mil 

O Estado de S. Paulo

25 Julho 2014 | 19h55

A Justiça do Paraná concedeu liberdade provisória ao ex-cantor do grupo Polegar, Rafael Ilha, e sua mulher Aline Kezh Felgueira, mediante o pagamento de fiança. O valor para Ilha é de R$ 40 mil e para Aline, de R$ 15 mil. O pedido havia sido feito pelo advogado do casal. 

Rafael Ilha e a mulher foram presos em flagrante nesta segunda-feira, 21. Eles foram encontrados por servidores públicos federais transportando uma espingarda calibre 12, 50 cartuchos de munição e uma arma de choque na Ponte da Amizade, na fronteira do Paraguai com o Brasil. 

Ilha disse que adquiriu a arma por R$ 2,5 mil no Paraguai para uso pessoal em uma fazenda de sua propriedade. Ele e Aline voltavam ao Brasil em um mototáxi quando foram abordados pelos servidores. 

 

Mais conteúdo sobre:
Rafael Ilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.