Estadão
Estadão

Justiça condena casal por tráfico no vão do Masp

Dupla foi flagrada por policiais militares após denúncia anônima; prisão foi substituída por pagamento de multa e prestação de serviço comunitário

O Estado de S.Paulo

27 Março 2017 | 12h03

SÃO PAULO - A Justiça condenou um casal por vender drogas no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, região central de São Paulo. A decisão foi divulgada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo na sexta-feira, 24, e cabe recurso.

A juiza Cristina Ribeiro Leite, da 5ª Vara Criminal Central de São Paulo, determinou pena de um ano e oito meses de reclusão à dupla. Por serem réus primários e não terem indicações de que se dedicavam a atividades criminosas organizadas, segundo a juíza, a prisão foi substituída por pagamento de multa e prestação de serviços à comunidade.

De acordo com o tribunal, policiais chegaram ao casal depois de receber uma denúncia anônima. Eles ficaram em campana até que conseguiram flagrar os réus vendendo as substâncias. A dupla tentou fugir, mas a mulher foi detida e confirmou a entrega da droga e o envolvimento com o namorado, que foi detido mais tarde. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.