Justiça aumenta pensão da avó de Vitor Gurman

O casal que estava na Land Rover que atropelou o estudante Vitor Gurman, de 24 anos, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, em julho do ano passado, deverá pagar uma indenização mensal de R$ 3,2 mil para a avó do jovem, Ida. Ontem, o desembargador Francisco Thomaz, da 29.ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, acolheu recurso da família e reviu decisão que havia tomado no dia 8, mudando o valor a ser depositado - inicialmente, seria de R$ 2 mil. Ainda cabe recurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.