Justiça aceita denúncia contra o cantor Hudson por uso ilegal de armas

A Justiça aceitou denúncia contra o cantor Hudson Cardoni Silva, de 40 anos, da dupla sertaneja Edson e Hudson, por port ilegal de armas. A denúncia do Ministério Pública foi aceita na semana passada pelo juiz Rogério Danna Chaib, da 1ª Vara Criminal de Limeira, mas a informação só foi divulgada ontem pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. A promotora Patrícia Barsottini, que havia feito a denúncia em 5 de abril, afirma na ação que Hudson "possuía todas as armas, acessórios e munições, de uso permitido e de uso restrito, sem qualquer autorização e em desacordo com determinação legal e regulamentar". O cantor sertanejo foi preso duas vezes em 20 de março por porte ilegal de arma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.