Rafael Arbex / EstadÃo
Rafael Arbex / EstadÃo

São Paulo teve temperatura acima da média e pouca chuva em junho

Apesar do início do inverno, moradores da cidade têm convivido com temperaturas incomuns para esse período do ano. Previsão para os próximos dias não deve mudar

O Estado de S.Paulo

02 Julho 2018 | 20h15

SÃO PAULO - O mês que marca o início do inverno não contou até agora com a presença da principal característica da estação: as baixas temperaturas. O que os moradores da cidade de São Paulo viram ao longo de junho foi um calor incomum para essa época do ano e chuvas ainda mais escassas. A sensação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que em nota divulgada nesta segunda-feira, 2, disse que a cidade bateu recordes de temperatura para o período.

+ Inverno começa nesta quinta; baixas temperaturas e tempo seco são esperados em SP

Os meteorologistas apontaram que a maior temperatura em junho deste ano ocorreu no dia 24, quando os termômetros chegaram aos 28,5º C. “Desde 1999, não fazia um dia tão quente em junho na capital, quando a máxima chegou a 28,7ºC”, informou o instituto.

A menor temperatura do mês também ficou abaixo do esperado. No dia 9, foi registrado 12,5ºC, a mais quente temperatura mínima para junho desde 2002. “Para se ter um comparativo, no ano passado a mínima absoluta do mês  foi de 8,9°C e em 2016, foi  de 3,5°C.”

As mudanças durante o mês passado na cidade de São Paulo também foram notadas quanto ao registro de chuvas. O acumulado mensal foi de 12,7 milímetros, 22% da média histórica para o mês, que é 57 mm. “Neste ano, com exceção do mês de março, todos os meses apresentaram volume de precipitação abaixo ou um pouco abaixo da média histórica. O déficit pluviométrico total dos seis primeiros meses já é de 270 mm, valor  que corresponde a 30% da média histórica da primeira metade do ano”, informaram os meteorologistas.

Próximos dias

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o tempo não deve mudar muito nos próximos dias. A terça-feira começa com sol e temperaturas em elevação na Grande São Paulo. “Os termômetros variam entre mínimas de 15°C e máximas de 26°C. No final do dia a nebulosidade aumenta com a aproximação de uma frente fria pelo oceano, entretanto não há previsão de chuva.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.