Julgamento de acusados de matar bombeiro deve terminar hoje

João Alberto da Costa morreu durante onda ataques do PCC em 2006; três membros do grupo são julgados

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

04 Março 2010 | 16h39

O julgamento dos três acusados de matar o bombeiro João Alberto da Costa, em São Paulo, em 2006, durante os ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC), foi retomado na manhã desta quinta-feira, 4, no fórum da Barra Funda, zona oeste da capital.

 

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o julgamento dos réus, Eduardo Aparecido Vasconcelos, Giuliana Donayre Custódio e Alex Gaspar Cavalheiro, foi reiniciado às 10h15. Por volta das 15 horas, estava em andamento a fase de debates. A previsão é de que a sessão termine por volta de 22 horas.

 

Ontem, o julgamento durou das 14h45 às 19h30, com o depoimento das quatro testemunhas de acusação, uma de defesa e o interrogatório dos acusados. Costa morreu durante o ataque ao quartel do 2º Grupamento de Bombeiros, nos Campos Elísios, no centro da capital paulista, no dia 13 de maio de 2006.

Mais conteúdo sobre:
SPPCCviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.