Juiz terá colete à prova de bala e carro blindado

O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Miguel Kfouri Neto, anunciou ontem investimento de R$ 300 mil para a compra de carros blindados e coletes à prova de bala para juízes ameaçados. No Rio, 29 veículos foram apreendidos em dois dias de operação contra o transporte irregular em São Gonçalo. A polícia não descarta o envolvimento da máfia das vans na morte da juíza Patrícia Acioli.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.