Juiz fixa fiança de motorista em R$ 245 mil

O estudante Felipe de Lorena Infante Arenzon, de 19 anos, dono de um Camaro Coupé SS que se envolveu em uma série de acidentes anteontem, terá de pagar R$ 245 mil para deixar a prisão. A fiança foi estabelecida ontem pelo juiz Rodrigo de Azevedo Costa, do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo), após a defesa do motorista apresentar um pedido de liberdade provisória.

O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2011 | 03h01

Arenzon bateu em quatro carros ao invadir uma motofaixa em Perdizes, atropelou duas pessoas na Freguesia do Ó e atingiu dois veículos no bairro do Limão, em um percurso de dez quilômetros entre as zonas oeste e norte da capital. Ao menos quatro pessoas ficaram feridas - um homem está internado em estado grave, com 90% do corpo queimado. Segundo a polícia, o motorista estava "visualmente embriagado" quando foi detido.

O estudante continua preso até amanhã, quando o pagamento poderá ser efetuado. Segundo o advogado de Arenzon, João César Cáceres, o carro havia sido comprado por ele há pouco tempo, com o dinheiro herdado do avô, que faleceu.

O valor do carro é estimado em cerca de R$ 200 mil. "Entendemos que (a fiança) é uma pequena fortuna, mas os familiares estão reunidos para tentar obter o valor", diz o advogado.

O motorista deve responder por tentativa de homicídio, embriaguez ao volante e fuga do local do acidente. /ADRIANA FERRAZ

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.