Juiz determina internação de primo de Bruno

A Vara da Infância e da Juventude de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, determinou que o primo do goleiro Bruno, J., de 17 anos, cumpra medida socioeducativa por tempo indeterminado por envolvimento no sequestro, cárcere privado e assassinato triplamente qualificado da modelo Eliza Samudio, de 25 anos. A decisão foi tomada na sexta-feira, mas foi divulgada ontem pela Justiça de Minas.

Marcelo Portela ESPECIAL PARA O ESTADO BELO HORIZONTE, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2010 | 00h00

A necessidade de manter a internação será avaliada a cada seis meses. O advogado do jovem, Eliézer Jônatas Almeida Lima, deve recorrer da decisão.

Ontem, a amante do jogador, Fernanda Gomes de Castro, de 32 anos, voltou para a prisão após receber alta do hospital onde realizou exames para verificar se sofreu aborto na prisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.