Juiz contesta decisão do MP no caso Turnowski

O juiz da 32.ª Vara Criminal do Rio, Guilherme Schilling Pollo Duarte, contestou a decisão do Ministério Público Estadual de enviar o inquérito sobre violação de sigilo profissional do ex-chefe de Polícia Civil do Rio Allan Turnowski para o Juizado Especial Criminal (Jecrim), que julga crimes menores. Duarte não declinou da competência do caso e enviou os autos à Promotoria do 2.º Juizado Especial Criminal do MP para que o promotor avalie se enviará o caso de vazamento de informações ao Jecrim ou à Vara Criminal.

, O Estado de S.Paulo

05 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.