Pedro da Rocha/AE
Pedro da Rocha/AE

Jovens voltando da faculdade são atacadas por maníaco na zona sul de SP

Armado com uma faca, criminoso entrou no carro das vítimas e abusou sexualmente de uma delas

Ricardo Valota e Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

11 Novembro 2011 | 02h46

SÃO PAULO - Um assaltante, armado com uma faca, foi preso, no início da madrugada desta sexta-feira, 11, por policiais do 22º Batalhão, após, com uma pedra, estourar o vidro de um Fox preto e, armado com uma faca, render, na Vila Olímpia, zona sul da capital, duas universitárias, ambas de 23 anos, que voltavam da faculdade.

 

Uma das vítimas, segundo a PM, foi obrigada a ficar com o criminoso no banco traseiro, tirar toda a roupa e forçada a fazer sexo oral no acusado. Já na viela Santo Afonso, uma travessa da Avenida Cupecê, em Cidade Ademar, região do Jardim Miriam, bairro localizado também na zona sul, mas próximo a Diadema (Grande ABC), a vítima que estava ao volante viu uma viatura da PM que preservava uma moto roubada e fez um sinal para os policiais.

 

O assaltante, que carregava com ele um saco plástico contendo miniaturas de moto - roubadas de uma banca de jornal antes de abordar as duas jovens -, ordenou que a estudante freasse e desse ré. Ao fazer a manobra, a jovem bateu o veículo. O criminoso então pulou para o banco da frente, abriu a porta e correu, mas foi detido pelos policiais durante luta corporal com os PMs.

 

Antes de todos serem levados o 98º Distrito Policial, do Jardim Miriam, onde o caso está sendo registrado, as vítimas foram levadas para o pronto-socorro do Jabaquara; já o bandido foi encaminhado para o pronto-socorro Pedreira.

 

 

Texto atualizado às 4h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.