Jovens furtam escola pública em São Caetano do Sul

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

21 de julho de 2010 | 07h05

 

SÃO PAULO - Dois adolescentes de classe média invadiram uma escola pública de educação infantil em São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo, e furtaram dois computadores, dois monitores de LCD, duas máquinas fotográficas, uma filmadora e um aparelho de DVD. A dupla foi apreendida instantes depois, fugindo a pé com os bens da escola, à 0h10 desta quarta-feira, 21. Um dos rapazes havia estudado no local quando pequeno.

 

A Escola Municipal de Educação Infantil Fortunato Ricci, na Rua Oriente, nº 333, atende crianças de até seis anos e já havia sido assaltada há duas semanas, segundo a Guarda Civil Municipal, mas ninguém foi preso. Desta vez, uma testemunha viu os jovens passando os objetos por cima do muro e chamou os guardas municipais.

 

Os adolescentes têm 15 e 16 anos e moram nos bairros Olímpico e Barcelona, considerados de classe média e média alta. "Um deles acabou de voltar da África do Sul, onde assistiu a Copa do Mundo com o pai", disse o guarda civil Dollazi. Segundo o guarda, a mãe de um deles reconheceu na delegacia que o filho tem se envolvido em situações de risco.

 

A dupla quebrou o vidro de uma janela para abrir o fecho, entrou na escola e arrombou a porta da sala da diretora, onde estavam os bens furtados. Os monitores de LCD eram novos e ainda estavam sem a etiqueta de patrimônio público. O caso foi registrado no 1º DP da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.