Jovens disputam quem vai pichar o Teatro Municipal

Em junho do ano passado, o Teatro Municipal de São Paulo foi reformado. A fachada e o interior foram restaurados e o prédio recebeu nova iluminação. Desde então, segundo o secretário de Serviços, Dráusio Barreto, jovens disputam na internet quem será o primeiro a pichar as paredes do edifício. Para evitar o vandalismo, a Guarda Civil fica 24 horas por dia vigiando o prédio. "É absurdo", reclama. O inspetor da Guarda Municipal da região central, Sidney Pureza, diz que o Teatro Municipal é a principal preocupação entre os bens culturais.

O Estado de S.Paulo

21 de janeiro de 2012 | 03h05

Mas outros patrimônios também são atacados. Os parafusos do Viaduto do Chá, feitos para ornamentar a ponte, foram retirados. "São atos ocasionais. As principais ações visam aos fios de cobre", diz Pureza. A espada de d. Pedro I, do Monumento à Independência, no Ipiranga, foi roubada em 2007 e até hoje não foi reposta. / B.P.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.