Jovem morre em arrastão em prédio de Santo André

Um rapaz de 21 anos foi assassinado durante arrastão em um prédio comercial na Avenida Higienópolis, na Vila Gilda, em Santo André, na região do ABC paulista, na tarde de anteontem. Segundo a polícia, o local foi invadido por três assaltantes por volta das 16h.

, O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2011 | 00h00

Segundo testemunhas, quando já deixava o prédio, um dos criminosos atirou sem motivo contra o cinegrafista Guilherme Coragem Nogueira, de 21 anos. O jovem morreu no local.

Os criminosos invadiram pelo menos três salas do prédio comercial: uma escola, o consultório de um dentista e uma produtora de vídeos, onde a vítima trabalhava. Ainda segundo a polícia, os assaltantes roubaram pertences de funcionários e clientes dos estabelecimentos.

De acordo com informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública, foram levados R$ 430 em dinheiro, quatro notebooks, três mochilas, 11 telefones celulares e dois relógios das vítimas. Até a noite de ontem, nenhum dos três assaltantes havia sido preso ou identificado. A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Policial de Santo André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.