Jovem morre ao lado do pai, após reagir a assalto

O administrador Thiago Castello Branco Nogueira, de 25 anos, reagiu a um assalto após pensar que o pai, o empresário Josafábio Ferreira Nogueira, de 51, havia sido baleado. Ele acabou morto com um tiro no peito, na noite de anteontem, no Campo Limpo, zona sul de São Paulo.

Fabiano Nunes, O Estado de S.Paulo

05 Maio 2011 | 00h00

O empresário disse à polícia que acompanhou o filho até um estúdio de tatuagem, na Avenida das Belezas, por volta das 22 horas. Quando estavam na rua, os bandidos passaram em um Citroën C3 preto e anunciaram o assalto. Armados, os bandidos exigiram a chave do carro das vítimas, um Polo.

Logo depois, um dos assaltantes atirou. O rapaz pensou que o pai havia sido baleado e tentou desarmar o criminoso. Acabou atingido. A dupla fugiu sem levar nada. Tiago chegou a ser socorrido no Hospital do Campo Limpo, onde morreu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.