Jovem está em programa de proteção

Por onde anda...

, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2010 | 00h00

L. completou 18 anos em 2010 e passou a integrar um programa de proteção a testemunhas para adultos. Ainda não pode revelar a identidade e não comanda seu destino, submetida a regras rígidas de segurança para evitar retaliações. L. não voltou mais para Abaetetuba e saiu do Pará com a mãe e o padrasto. Vive momentos de altos e baixos. Já Abaetetuba vive drama semelhante ao da época do caso. Uma nova delegacia foi construída, mas as celas continuam lotadas, com três presos por vaga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.