Jovem é preso após quadrilha roubar uma residência em SP

Grupo aterrorizou família com agressão e levou eletrônicos, joias, objetos pessoais das vítimas e carros

Ricardo Valota, do estadão.com.br

20 de agosto de 2010 | 04h01

SÃO PAULO - Um adolescente de 13 anos foi preso, por volta das 19h30 de quinta-feira, 19, após, juntamente com três comparsas, aterrorizar uma família ao invadir uma residência na Rua Octávio Vanini, dentro do Parque dos Príncipes, localizado na Avenida Escola Politécnica, no Rio Pequeno, região do Jaguaré, zona oeste de São Paulo.

Na casa estavam um casal e os dois filhos, duas crianças, de 11 e 7 anos. Todos foram rendidos após o grupo pular o muro do imóvel. O pai e a mãe foram agredidos pelos assaltantes com socos, pontapés e coronhadas.

Armada com dois revólveres calibre 38, a quadrilha levou TVs de LCD, computadores, outros eletroeletrônicos, joias, objetos pessoais das vítimas, furadeiras e ferramentas automotivas. Tudo foi colocado no porta-malas dos carros das vítimas, um Kia Soul azul e um Toyota Corolla verde.

Durante patrulhamento na Vila Dalva, bairro vizinho, policiais militares da 3ª Companhia do 16º Batalhão, já cientes do roubo, cruzaram com o Toyota Corolla, que era dirigido pelo menor.

Quando percebeu a presença da viatura, o adolescente tentou fugir e bateu o carro contra uma Kombi na Rua Paulo Augusto Signore. Dentro do automóvel, a polícia encontrou um revólver calibre 38.

Os três comparsas do adolescentes continuam foragidos. O trio abandonou o Kia Soul também na região da Vila Dalva. A mãe do menor foi acionada pela polícia e compareceu ao 51º Distrito Policial, do Butantã.

Até as 2 horas desta sexta-feira, 20, o delegado não havia decidido se entregaria o menor à mãe ou se encaminharia o adolescente para a Fundação Casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.