Jovem é morto por policiais militares no Capão Redondo

Adolescente de 13 anos, que estava na garupa de uma moto, teria tentado fugir de uma abordagem; caso aconteceu neste sábado

O Estado de S. Paulo

30 Novembro 2014 | 20h05

SÃO PAULO - Um adolescente de 13 anos foi morto a tiros por policiais militares no Capão Redondo, no extremo da zona sul da capital paulista, na madrugada de sexta-feira, 28, para o sábado, 29. O jovem estava na garupa de uma motocicleta e teria tentado fugir de uma abordagem policial.

O caso aconteceu por volta das 4h45 da última sexta. Segundo a Polícia Militar, as duas pessoas que estavam na moto não obedeceram a uma ordem de parada na Avenida Dom Rodrigo Sanches. Eles teriam atirado contra os policiais, diz a PM, que reagiram. No confronto, o adolescente teria sido alvejado quatro vezes e morreu no local. O outro suspeito conseguiu fugir. Com o rapaz morto, os policiais encontraram uma arma de brinquedo.

Cerca de três horas depois, moradores da região incendiaram um ônibus municipal na Avenida Felipe Carrillo Puerto, também no Capão Redondo. O ataque teria sido em protesto contra a morte do adolescente.

Mais conteúdo sobre:
Violência Polícia Militar São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.