Reprodução| Google Street View
Reprodução| Google Street View

Jovem é morto por bala perdida após votar, em Santo André

Lucas Luis dos Santos Silva passava por uma rua durante perseguição policial

O Estado de S.Paulo

31 Outubro 2016 | 12h45

SÃO PAULO - Um jovem de 21 anos foi morto por uma bala perdida logo depois de votar no segundo turno das eleições, na Rua Fernando de Noronha, na Vila Sacadura Cabral, em Santo André, na Grande São Paulo, na tarde deste domingo, 30. Segundo informações do G1, Lucas Luís dos Santos Silva foi atingido no caminho para a casa de uma tia, quando encontrou com uma perseguição por policiais das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam). 

O jovem chegou a ser levado para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), mas não resistiu. A suspeita é de que o disparo que vitimou Lucas Luís tenha partido de um policial. 

Como protesto, moradores da região incendiaram um carro e bloquearam a Avenida Prestes Maia, principal via de ligação entre Santo André e São Bernardo do Campo, na manhã desta segunda-feira, 31. 

Em contato com a reportagem do Estado, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) afirmou que o caso está sob investigação. O incidente é tratado pelo 4º Distrito Policial de Santo André (Jardim).

Já a Polícia Militar declarou que as armas utilizadas pelos agentes envolvidos na perseguição foram recolhidas e enviadas para perícia. Além disso, houve a instauração de um inquérito interno para investigar o caso. 

Mais conteúdo sobre:
policia militarpolicia civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.