Jovem é morto a facadas pelo irmão gêmeo em Barretos

Vítima seria usuária de drogas e teria sido atacada depois de tentar agredir a mãe

Rene Moreira, O Estado de S. Paulo

10 Março 2014 | 11h49

Um jovem de 22 anos morto a facadas em Barretos, no interior de São Paulo, pelo irmão gêmeo neste domingo, 9. Antes de ser morto, o rapaz foi amarrado na sala da casa por familiares porque ameaçava agredir a mãe e outras pessoas por não conseguir dinheiro para comprar droga. Segundo testemunhas, ele seria dependente químico e há tempos estaria dando trabalho para a família.

A vítima, Muriel Vieira Paulino, residia na avenida Antônio Frederico Ozanan, no bairro Derby Club, e chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) até a Santa Casa local, mas não resistiu. O acusado de esfaqueá-lo esperou a chegada da Polícia Militar e se entregou.

Ele teria se revoltado ao chegar em casa e se deparar com aquela situação, ocasião em que alegou ter perdido o controle ao saber que antes disso o irmão ainda havia tentado bater na mãe. O autor foi preso em flagrante e, após ser autuado pela delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega, foi mandado para a cadeia pública.

Mais conteúdo sobre:
Barretos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.