Jovem é mantida em cárcere privado por namorado por quase um mês em SP

Estudante conseguiu fugir após arrombar a janela da cozinha; cabelereiro foi preso em flagrante por sequestro, ameaça, violência doméstica, injúria e dano qualificado

Priscila Trindade, do estadão.com.br

19 de julho de 2010 | 16h53

SÃO PAULO - Uma adolescente de 15 foi mantida em cárcere privado durante cerca de 30 dias pelo namorado em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Na sexta-feira, 16, a estudante conseguiu fugir da casa do cabeleireiro Emerson Ferreira Santos, de 27 anos, na Vila Vitória, após arrombar a janela da cozinha.

 

Ao constatar que a garota havia fugido, Emerson foi procurá-la na casa dos pais. No portão da residência, ele ameaçou matar a menina e a família dela. Sem conseguiu entrar no imóvel, o homem apedrejou a casa e danificou o portão. O pai da vítima, um pintor de 59 anos, chamou a Polícia Militar, que foi para o local e prendeu o cabeleireiro.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a jovem contou que foi visitar o namorado na casa dele no início de junho, quando foi impedida de deixar o local. O cabeleireiro foi preso em flagrante por sequestro, ameaça, violência doméstica, injúria e dano qualificado. Emerson foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Bernardo do Campo.

 

O desaparecimento da estudante não havia sido comunicado à polícia. Exame feito num pronto-socorro da região não detectou lesões relevantes na adolescente. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.