Jovem é espancado e amarrado a poste no interior de São Paulo

Rodrigo Antônio Miro, de 29 anos, já havia cumprido pena por roubo

Chico Siqueira', Especial para O Estado

28 Fevereiro 2014 | 18h10

SÃO PAULO - Moradores do Parque das Nações, na periferia de Birigui, interior de São Paulo, espancaram e amarraram a um poste de energia elétrica um homem de 29 anos depois que ele, sob efeito de entorpecentes, mostrou o pênis para pessoas que passavam na rua, na noite de quinta-feira, 27. Foi o segundo caso na cidade desde janeiro.

Os moradores ficaram revoltados com a agressividade demonstrada por Rodrigo Antônio Miro, de 29 anos. "O rapaz estava muito agressivo, xingando e tentando agredir a quem encontrava pelo caminho", contou o comerciante Antônio Lúcio Moraes. Um grupo de rapazes, revoltado com as atitudes, iniciou uma briga, espancou o rapaz e depois o amarrou num poste de energia, onde ficou até a chegada da Polícia Militar, por volta das 22 horas.

Segundo a PM, Miro foi encontrado com muitos ferimentos, principalmente no rosto, e, mesmo depois de levado ao pronto-socorro, continuava agressivo. Foi necessário aplicar doses de calmantes para sedá-lo. De acordo com a PM, o rapaz já havia cumprido pena por roubo, mas não havia pedido de prisão contra ele.

Outro caso. Foi o segundo caso ocorrido na cidade neste ano. Em janeiro, o desempregado Fabrício Silva, de 21 anos, foi pego furtando uma casa na Vila Roberto, também na periferia da cidade. Depois de amarrado a um poste de energia, levou uma surra das vítimas e de outros moradores do bairro que também tiveram casas furtadas e quiseram se vingar do rapaz.

Mais conteúdo sobre:
posteviolênciajovemBirigui

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.