Jovem é confundida com policial e leva tiro

Três adolescentes, com idade entre 16 e 17 anos, atiraram na estudante Andrieli Brandão, de 22, por pensar que ela fosse policial. Eles iam praticar um sequestro relâmpago quando ela saía de carro de casa, no Jardim Recanto das Rosas, em Osasco, por volta das 20h30 de anteontem. O trio chegou a render Andrieli e entrou no Fox prata, mantendo-a na direção. Um dos bandidos, porém, viu uma apostila para concurso público com o brasão da Polícia Civil e disparou contra ela, entre a nádega e o quadril. Eles fugiram, mas foram logo encontrados por guardas-civis de Cotia. A estudante passa bem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.