Jovem é achada morta em geladeira à margem de estrada no interior de SP

Família da vítima, uma garota de 20 anos, disse à polícia que ela estava recebendo ameaças de um ex-namorado

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

26 Dezembro 2017 | 15h05

SOROCABA – Um morador encontrou o corpo de uma jovem de 20 anos no interior de uma geladeira velha jogada à margem de uma estrada em Itatiba, no interior de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 25. A garota, identificada como Samantha Farias, tinha uma perfuração à bala no peito. A vítima estava desaparecida desde domingo, 24.  A família da jovem disse à polícia que ela estava recebendo ameaças de um ex-namorado.

A geladeira com o corpo estava na beira da Estrada Municipal Domingos Stocco, que liga Itatiba a Valinhos. A perícia esteve no local e constatou o ferimento produzido por arma de fogo. O corpo foi reconhecido por familiares, na manhã desta terça-feira, 26, no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí.

Uma irmã de Samantha disse à polícia que a jovem saiu de casa para encontrar-se com uma tia do ex-namorado, com quem mantinha relação de amizade, mesmo após o rompimento com o rapaz. As duas foram para um bar e ela chegou a conversar com a irmã por um aplicativo de celular, antes de desaparecer.

Testemunhas disseram que a jovem saiu de carro com uma pessoa e não voltou mais. A família chegou a publicar fotos da jovem em redes sociais pedindo informações sobre seu paradeiro. À polícia, a irmã disse que Samantha e o ex-namorado estavam separados havia dois anos e, nesse período, ele teria feito ameaças de morte. A Polícia Civil de Itatiba registrou o caso como homicídio.

O ex-namorado, que não teve a identidade divulgada, será intimado para prestar esclarecimentos. A perícia recolheu impressões digitais na geladeira que ainda serão analisadas.

Mais conteúdo sobre:
Itatiba [SP]homicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.