Jovem de 20 anos morre prensado entre dois caminhões dentro de fábrica ABC Paulista

James Nicolas de Sousa trabalhava para uma empresa que presta serviços para a Dolly em São Bernardo do Campo

estadão.com.br,

02 Abril 2012 | 07h20

SÃO PAULO, 2 - O auxiliar de serviços gerais, James Nicolas de Sousa, de 20 anos, morreu na quarta-feira, 28, após ficar prensado entre dois caminhões dentro do pátio de distribuição da fabricante de refrigerantes Dolly, no bairro Pauliceia, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

De acordo com o delegado titular do 5ºDP, Paulo Gilberto Negrão, o motorista do caminhão vai responder por homicídio culposo.

Segundo o delegado, o acidente aconteceu por volta das 7 h da manhã, quando José Carlos da Silva, de 21 anos, manobrava um caminhão no pátio. Testemunhas disseram à polícia que James era responsável pela organização de mercadorias e pela amarração da carga nos veículos.

Conforme informações do boletim de ocorrência registrado no 5ºDP, José Carlos da Silva foi indiciado por homicídio culposo e um inquérito foi instaurado para investigar o se o auxiliar de serviços gerais tinha autorização para dirigir os caminhões.

A Facility Mão de Obra, empresa terceirizada contratada pela Dolly e para qual James Nicolas e José Carlos trabalhavam, disse não ter informações sobre o cargo dos envolvidos.

A reportagem do portal estadão.com.br tentou falar com a Dolly, mas departamento jurídico da empresa informou que a fabricante não vai se pronunciar sobre o assunto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.