Jovem atira em carro de ex, fere três pessoas e se mata no interior de SP

Inconformado com o fim do namoro, Robson Silva Santos, de 22 anos, disparou contra veículo; dois jovens e um bebê ficaram feridos

Chico Siqueira, Especial para O Estado

14 Abril 2014 | 10h46

MIRANDÓPOLIS - Inconformado com o fim do namoro, o estudante Robson Silva Santos, de 22 anos, atirou contra o carro da ex, Camile Justos, 23 anos, mas acertou três outras pessoas, entre elas uma criança de dois anos, e depois se matou, na frente da mãe.

O crime aconteceu em Mirandópolis, interior de São Paulo. Na noite de domingo, quando as pessoas costumam passear pelo centro da cidade, Robson pegou um revólver e, quando viu o carro da ex passar em uma das ruas perto da praça central, fez os disparos. Depois, foi para a frente de sua casa e se matou com um tiro na cabeça. A mãe dele, Aurelina Silva, que havia saído da residência, presenciou a morte do filho.

"Nenhum dos tiros acertou a ex-namorada, todas as três pessoas não tinham nada a ver com o caso. Todos ocupantes do carro estavam passeando, como todo mundo faz aqui nas noites de domingo", contou a investigadora Simone Maria Guinelli.

O carro era dirigido por um primo de Camile, Bruno Brizotti, de 26, que foi atingido no pescoço. A namorada dele, Mariana Safra Resler, de 27, foi alvejada nas costas e o filho dela, Bernardo Safra Resler, de dois anos, sofreu ferimentos nas nádegas. Os três foram socorridos, mas nenhum corre risco de morrer.

O crime chocou os jovens da cidade, de 25 mil habitantes, que conheciam Robson e a ex-namorada. Os dois chegaram a trocar posts no Facebook na quarta-feira, 9, nos quais ela lamentava a separação usando um texto de Shakespeare, ao qual ele respondeu jurando amor eterno. Mas no sábado, porém, um dia antes de praticar e crime, Robson postou dizendo que resolveu "ser mau" porque pessoas "boazinhas" não se dão bem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.