José Serra anuncia início das obras na Marginal do Tietê

Além da nova pista, que ficará entre a expressa e a local, a marginal terá quatro novas pontes e três viadutos

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

04 Junho 2009 | 17h04

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), informou que as obras de ampliação da Marginal do Tietê foram iniciadas nesta quinta-feira, 4. Além da nova pista, que ficará entre a expressa e a local nos 22,7 quilômetros de extensão da via, a marginal também terá quatro pontes e três viadutos, segundo anúncio feito pelo governador no início do mês de maio. Após evento no Palácio dos Bandeirantes, Serra estimou que a iniciativa deverá reduzir em cerca de 35% o tempo das viagens nessa via e que o novo trecho ficará pronto no início de 2010.  

 

Leia também:

Editorial: Prejuízos com obras inacabadas

O investimento total nessas obras será de R$ 1,3 bilhão, sendo R$ 1,1 bilhão do Tesouro estadual e R$ 200 milhões das concessionárias de rodovias com ligação com a Marginal Tietê. A participação foi acordada com a AutoBan, que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, e integra o edital de concessão da companhia que vier a administrar a Ayrton Senna, explicou o secretário estadual dos Transportes, Mauro Arce.

A AutoBan ficará responsável pelas obras da Rodovia Castello Branco até a Ponte da CPTM (4 quilômetros). O trecho de 15,2 quilômetros entre a Lapa e o Piqueri está a cargo do Estado, por meio da Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa). Do Tatuapé até a Rodovia Ayrton Senna, (3,5 quilômetros), a responsabilidade é da concessionária que vier a administrar a Ayrton Senna. Mauro Arce garantiu que as obras não vão interferir no trânsito já complicado da região durante o dia. Quando for necessário interromper temporariamente o tráfego para a travessia de materiais, por exemplo, ele explicou que isso será feito à noite.

Como compensação ambiental pela ampliação, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente exigiu o plantio de 83 mil árvores nos bairros do entorno da Marginal. O Estado também fará investimentos na revitalização do Parque Linear do Tietê, com plantio de árvores, espaço para esportes, centros de educação ambiental e ciclovias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.