Jornalista da Globo sofre atentado na Grande São Paulo

O repórter vinha trabalhando em uma matéria sobre achaques de policiais em Suzano

Bruno Tavares, O Estado de S. Paulo

16 de maio de 2008 | 11h21

O repórter Edson Ferraz, da afiliada da Rede Globo em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, foi vítima de um atentado na madrugada desta sexta-feira, 16. O jornalista voltava para casa em uma viatura da emissora quando foi cercado por um Voyage. De dentro do veículo, um homem encapuzado atirou duas vezes. O jornalista saiu ileso e os criminosos fugiram.  Na semana passada, Ferraz foi um dos jornalistas que revelaram um esquema de achaque envolvendo policiais civis do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), de Suzano, também na Grande São Paulo. O alvo da quadrilha eram donos de desmanches de veículos, casas de prostituição e máquinas caça-níqueis. O caso deverá ser investigado pela Corregedoria da Polícia Civil.

Tudo o que sabemos sobre:
denúnciaatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.