Jogue para perder: deixe na praia o lado ruim do verão

Pratique esportes no litoral e abandone por lá os quilinhos que ganhou durante as férias

Guia de Verão,

26 Fevereiro 2010 | 17h18

 Selo-Verao

SÃO PAULO - Traga do verão apenas o melhor do verão. Bem, um pouco do melhor também é aconselhável deixar para trás. Aquela terceira caipirinha, a porção de camarão frito, os geladinhos do dia inteiro, nada disso precisa voltar com você.

 

Veja também:

link Açaí, açaí, açaí: sua reserva de força no litoral

 

Aproveite seus últimos dias no litoral para se livrar dos excessos das férias. Você pode experimentar novas modalidades de surfe, apreciar a vista em um voo de asa-delta ou se aventurar em trilhas mata adentro. Também pode praticar esportes de grupo, como futebol, em quadras para onde só é preciso levar a bola e a disposição. Assim, você volta mais leve para casa. E vai ficar mais fácil se preparar para o próximo verão.

 

EM TERRA

 

Sobre duas rodas

É preciso ser muito habilidoso sobre as ondas antes de surfar em cima da bicicleta. Para trocar o mar pelo asfalto - e a prancha pela bicicleta adaptada -, faça aulas de surfbike. Criada no Brasil, a modalidade é ensinada em Santos pelo professor Augusto Martins (R$ 80 por hora).

 - Agende com antecedência pelo fone (13) 9766-2234.

 

 

 

Morro abaixo

A descida de rappel no Morro do Maluf (R$ 90, por pessoa) tem 40 metros - e vista para a Praia da Enseada. Há três trajetos possíveis e a dificuldade varia conforme a inclinação do trecho. É preciso formar um grupo de 10 pessoas e agendar antes. 

- Nau Brasilis. Av. Mário Ribeiro, 810 (loja 16), Pitangueiras, Guarujá, (13) 3355-6372. 9h/20h (fecha dom.).

 

 

Cada um no seu lugar

- Jogar frescobol não exige nada além de duas raquetes e uma bolinha. Só é importante ter espírito de cooperação. A Praia do Tenório, em Ubatuba, tem 500 metros de extensão e a faixa de areia é estreita e reta o suficiente para você não perder a bolinha nas ondas.

 

- Escolher uma praia para correr não é tão simples quanto parece. Para não chafurdar os pés na areia fofa, opte por praias como a Boraceia, entre São Sebastião e Bertioga. São 5 km para uma corrida longa e de qualidade.

 

- Procure mares calmos para nadar - e fuja das praias de surfistas. O professor de triatlo Silvio Mattos indica as águas da Ponta da Praia, em Santos, da Praia de Indaiá, em Bertioga, e da Barra do Sahy, em São Sebastião. Outra dica do professor é ter um ponto de referência, como uma ilha ou prédio, para se orientar durante o nado.

 

 

NA ÁGUA

 

Viagem segura

Para remar em Caraguá, é preciso fazer um treinamento antes com um instrutor da equipe municipal. O caiaque pode ser duplo ou individual. Lembre-se de vestir o colete salva-vidas.

- Estrada do Camaroeiro, 910, Praia da Pedra da Freira, Caraguatatuba, (12) 8828-2639. 2ª, 4ª e 6ª, 8h/ 11h e 14h/16h30. R$ 5 (individual) e R$ 10 (caiaque duplo).

 

 

 

Levante-se

Sucesso entre surfistas, o stand-up é uma mistura de surfe com canoagem. Praticada em pé e com remo, sobre uma prancha long board, a modalidade foi trazida do Havaí (onde servia como meio de transporte). O esporte lembra as jangadas nordestinas e ganha novos adeptos a cada ano.

- Picuruta. Av. Pres. Wilson, s/nº, José Menino, Santos, (13) 7808-6657 (agendar antes). R$ 350 (pacote de 4 aulas de 1h cada).

 

 

NO AR

 

Exercício com vista

Para quem não tem fobia de altura - ou quer perder o medo -, uma boa opção é saltar de asa-delta ou paraglider do alto do Morro de Santo Antônio, em Caraguatatuba. Os voos duram de 15 a 20 minutos. Mas faça o treinamento em terra firme antes da partida.

- Av. Arthur da Costa Filho, 1450, Praia do Centro, Caraguatatuba (ao lado da pista de Skate), (12) 9767-9175. 11h/17h. R$ 100 por pessoa (agende antes).

  

 

CAMINHO ARBORIZADO

 

A Jureia tem 80 mil hectares para você explorar. Pela água, pela terra ou pelas árvores.

 

 

Mesmo com equipamentos de segurança, o percurso de arvorismo dá um friozinho na barriga. Entre pontes e plataformas, são 96 m de vias aéreas com uma média de 10 m de altura. Uma tirolesa de 175 m leva você ao topo de um morro, com vista para a Praia do Guaraú.

Parque Ecológico na Trilha da Jureia. Estrada Guaraú - Una, 900, Guaraú, (13) 9773-4684. 9h/22h. R$ 25.

 

No mato

Há inúmeras trilhas na Jureia. Com diferentes graus de dificuldade, elas duram de 15 min a 6h. A da Cachoeira das Antas (2h) pode ser feita no estilo ‘water trekking’, subindo pelo leito do rio.

 - Parque Ecológico na Trilha da Jureia. Estrada Guaraú - Una, 900, Guaraú, (13) 9773-4684 9h/22h. R$ 30 (agende antes).

 

 

No Rio

Se você prefere deslizar pelos rios da região, aposte na canoagem. Entre os vários passeios disponíveis, é possível remar por 5 km no Rio Guaraú, até a praia, e se refrescar por lá durante uma hora. Este roteiro é recomendado também para crianças.

- EcoAdventure. R. Gaivota, 1202, Guaraú, (13) 3457- 9170. 9h/18h. R$ 30.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.