Jogador do Santo André morre em acidente na zona sul de SP

Moto meio-campista Amauri Rodrigues da Silva, de 21 anos, dirigia chocou-se com um microônibus e explodiu

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

09 de junho de 2008 | 05h04

O meia-campista do Esporte Clube Santo André, Amauri Rodrigues da Silva, 21 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira, 9, após sofrer um acidente na Avenida Professor Abraão de Moraes, junto à Praça Leonor Kaupa, em frente ao Shopping Plaza Sul, zona sul da capital paulista. Ele estava acompanhado do amigo Bruno Luiz Fernandes Moade, que também faleceu. A moto Suzuki Bandit 1.200cc, que o atleta dirigia, chocou-se com um microônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) na pista sentido Jabaquara/Ipiranga da Avenida Professor Abraão de Moraes. Com o impacto, a moto explodiu. Amauri morreu no Hospital São Paulo e seu amigo faleceu no local do acidente. Durante depoimento no 16º Distrito Policial, de Vila Clementino, parentes do atleta disseram ao delegado que havia dois meses que Amauri comprou a moto e que ele não tinha habilitação. O jogador e Bruno haviam saído de uma festa. Segundo o que a polícia apurou, o atleta teria se assustado ao cruzar com uma viatura do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Polícia Civil, e resolveu acelerar. Ao passar pelo farol vermelho, atingiu o microônibus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.