Jobim encontra familiares das vítimas do vôo 3054 no IML de SP

Ministro da Defesa deixa o IML e segue para almoço com comandantes da Aeronáutica

Anne Warth, da Agência Estado,

27 de julho de 2007 | 13h41

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, deixou o Instituto Médico Legal (IML) às 12h45 desta sexta-feira, 27. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, logo que chegou ao IML Jobim visitou o auditório do instituto, onde estão os pertences dos familiares das vítimas do acidente ocorrido com o vôo 3054 da TAM. No IML, Jobim se encontrou com dois familiares de uma das vítimas. Ele os cumprimentou com um abraço, mas não teria conversado com os familiares.   IML identifica mais vítimas; já são 92 corpos reconhecidos Jobim conversa com legistas sobre identificação de vítimas Jobim vistoria Congonhas, mas não fala Lista de vítimas ds identificadas  O local do acidente  Quem são as vítimas do vôo 3054  Histórias das vítimas do acidente da TAM  Galeria de fotos  Opine: o que deve ser feito com Congonhas?  Cronologia da crise aérea  Acidentes em Congonhas  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054   Depois da visita ao IML, Jobim seguiu para o Campo de Marte, onde deve almoçar com autoridades da Aeronáutica. Na programação inicial, Jobim almoçaria no 4º Comando Aéreo Regional da Aeronáutica (Comaer), no Cambuci. O ministro deixou o local sem falar com a imprensa. Em seguida, o ministro participou de uma reunião com o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Ronaldo Marzagão; da Justiça, Luiz Marrey; com o superintendente da Polícia Técnico-Científica, Celso Pieroni; com o diretor de divisão do IML, Carlos Alberto Souza Coelho; e com o diretor do instituto, Hideaki Kawata. Na, Jobim perguntou sobre os procedimentos utilizados pelo IML na identificação dos corpos e sobre as dificuldades do trabalho realizado pelos médicos legistas. Após conhecer a área de antropologia do IML, onde ficam centralizados dados das vítimas, como pertences, exames e fotografias, o ministro fez questão de visitar o necrotério, onde conversou com os médicos legistas que trabalhavam na identificação de um corpo. Nesta tarde, Jobim deve se encontrar com o governador do Estado, José Serra (PSDB), e o prefeito da capital, Gilberto Kassab (DEM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.