Joaquim Barbosa ordena encerramento de jornada do STF uma hora mais cedo

Constantemente lembrado como candidato à presidência da República, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa (foto), deixou ontem o prédio da Corte uma hora e meia antes do início da manifestação na Praça dos Três Poderes. De acordo com sua assessoria, ele tinha uma consulta médica no Rio de Janeiro.

O Estado de S.Paulo

21 Junho 2013 | 02h12

Antes de sair, ele deu ordem para que o expediente no STF fosse encerrado às 17 horas em razão da passeata. Num comunicado distribuído aos funcionários, o diretor-geral do Supremo, Miguel Augusto Fonseca de Campos, deixou claro que a determinação partiu do presidente da Corte. Antes da revelação da ordem de Barbosa para que a Corte fosse esvaziada, o presidente interino, Ricardo Lewandowski, encerrou a sessão uma hora antes do habitual.

Mais conteúdo sobre:
protestoprotestosmanifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.