Jiboia dá 'botes' em veículos ao tentar atravessar rodovia

Cobra atacava até caminhões na Transbrasiliana, no interior de São Paulo; trânsito foi desviado para Polícia Ambiental retirar o animal

Sandro Villar, Especial para O Estado

06 Fevereiro 2015 | 19h27

PRESIDENTE PRUDENTE - Ao tentar atravessar a Rodovia Transbrasiliana (BR-153) na tarde desta sexta-feira, 6, em Ocauçú, no interior de São Paulo, uma jiboia de cerca de 2 metros de comprimento deu "botes" nos veículos. A cobra não se intimidou nem mesmo com os caminhões. "Ela deu uns botes nos pneus dos veículos pequenos e até nos caminhões", afirmou Cássio Freitas, de 45 anos, agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A cobra, que, segundo o agente estava nervosa, foi vista por um motorista perto do posto da concessionária que administra a rodovia. "Ele avisou a concessionária que, por sua vez, nos acionou", explicou Freitas. Dois policiais rodoviários foram para o local. "Eles desviaram o trânsito para o acostamento para facilitar a captura da cobra", contou o agente.

Um deles pegou o animal e, em seguida, a Polícia Ambiental foi chamada. "Eles (policiais ambientais) soltaram a cobra em uma mata das proximidades", finalizou Freitas.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Transbrasiliana

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.