'Jamais permitirei que se retire água que abastece o povo do Rio', diz Cabral

Governador deu declaração no Twitter, ao comentar possibilidade de transposição do rio Paraíba do Sul apresentada por Geraldo Alckmin

Thaise Constancio, O Estado de S. Paulo

20 Março 2014 | 12h57

RIO - O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), falou nesta quinta-feira, 20, em sua conta no Twitter sobre a possibilidade de transposição do rio Paraíba do Sul apresentada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Em nota divulgada na quinta-feira, 19, Cabral negou que tenha autorizado a captação na bacia do Paraíba do Sul.

"Jamais permitirei que se retire água que abastece o povo do estado do Rio de Janeiro. O governador (Geraldo) Alckmin, com quem tenho excelente relação, me ligou para expor essa ideia. Disse a ele que formalizasse a proposta e que eu enviaria aos órgãos técnicos. Mas já adianto: nada que prejudique o abastecimento das residências e das empresas do Estado do RJ será autorizado".

A transposição das águas do rio Paraíba do Sul precisa ser autorizada pela Agência Nacional de Águas (ANA) que ainda não recebeu pedido formal para análise da proposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.