Já mandou sua ideia para melhorar SP?

Lançado no dia 22, projeto Que SP VC Quer? já recebeu mais de 2,2 mil sugestões de paulistanos anônimos e famosos para a cidade

O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2013 | 02h03

Em duas semanas no ar, o projeto Que SP VC Quer? já recebeu mais de 2,2 mil ideias para melhorar a cidade. Você já mandou a sua? Para participar, basta acessar www.quesaopaulovocequer.com.br. Além de escrever sua sugestão, é possível ver o que pensam paulistanos famosos e anônimos. E votar em suas propostas. As ideias mais bem avaliadas pelo público e por especialistas serão publicadas no dia 25, no caderno especial de aniversário dos 459 anos de São Paulo.

Parceria do Estado com o Ibope Conecta, o projeto ganhou apoio de instituições como a Rede Nossa São Paulo, a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) e a Academia Paulista de Letras (APL). Participantes poderão sugerir ideias até o dia 25. Mas apenas as propostas postadas até o dia 15 poderão ser selecionadas para o caderno especial.

Segundo Franco Romanini, diretor do Ibope Conecta, os temas mais abordados até agora tratam de mobilidade urbana, principalmente metrô e bicicleta. Em seguida, estão sugestões para despoluição e revitalização do Rio Tietê. Mas é possível sugerir propostas sobre qualquer assunto envolvendo a cidade: de uma nova praça para seu bairro a uma ideia inédita para recuperar grandes áreas degradadas.

Para ajudar a selecionar as melhores ideias, um júri composto por especialistas de diferentes áreas vai avaliar os dez projetos mais bem votados pelo público em cada uma das 12 categorias. Elas incluem, além de mobilidade e poluição, temas como barulho, saúde, cultura e lazer.

É importante que, além de propor suas ideias, o participante preencha um rápido cadastro e escreva seu e-mail para que possa ser contatado caso seu projeto seja um dos selecionados pelo público e pelos jurados.

Além de descobrir as prioridades dos paulistanos, o objetivo do projeto é contribuir com um banco de ideias que poderá ser usado por gestores públicos e pela sociedade civil no ano em que, além de ter um novo prefeito, a cidade deve ganhar outro Plano de Metas e os 55 vereadores terão de discutir um novo Plano Diretor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.