Sabrina Valente/Prefeitura de Itaporanga
Sabrina Valente/Prefeitura de Itaporanga

Itaporanga decreta emergência por erosão em rodovia sob concessão

No ponto mais crítico, uma grande cratera já atinge a pista da rodovia Aparício Biglia Filho (SP-281), que liga o sudoeste paulista a municípios do norte do Paraná

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

22 Junho 2018 | 22h44

SOROCABA – Erosões que ameaçam interditar a principal rodovia de acesso à cidade levaram a prefeitura a decretar situação de emergência, em Itaporanga, no sudoeste do Estado de São Paulo. O decreto foi publicado nesta quinta-feira, 21. No ponto mais crítico, uma grande cratera já atinge a pista da rodovia Aparício Biglia Filho (SP-281), que liga o sudoeste paulista a municípios do norte do Paraná. A rodovia, usada também para escoamento da produção agrícola, foi concedida à iniciativa privada e, quem usa, paga pedágio.

+ Tribunal de Justiça concede liminar para suspender retirada de cancelas de pedágios

De acordo com o prefeito Vilson Rodrigues (DEM), um laudo de vistoria feita pela equipe técnica da prefeitura apontou o risco de interdição total da pista e de acidentes, com ameaça à vida das pessoas. “Diante do parecer técnico, e para não incorrer em omissão, decidimos pela decretação de emergência, mas a obra cabe à concessionária, que já foi notificada”, disse. Conforme o prefeito, a concessionária Via Paulista fez um projeto para eliminar a erosão principal, mas precisa de licença ambiental para a obra, que implica na supressão de árvores.

A Via Paulista informou que enviou à Cetesb o estudo para obter a licença para a obra. “Devido aos riscos que essa erosão, com a evolução, pode causar à população que transita por essa rodovia, classificamos a necessidade dessa intervenção como de extrema prioridade”, informou Rosana Fernandes, assistente técnica da Via Paulista.

A Cetesb, no entanto, informou que, por se tratar de obra emergencial, não há necessidade de licença ambiental. “Isto significa dizer que o início dos trabalhos não depende de nenhuma manifestação da Cetesb”, informou a companhia. A Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) informou que as obras de recuperação da SP-281 estão previstas para ter início em julho. Segundo a nota, a concessionária Via Paulista já elaborou os projetos executivos para a obra e a estimativa é de que estejam concluídas até o fim do ano.

Mais conteúdo sobre:
Itaporanga [SP] erosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.