Faculdade de Medicina/USPRP
Faculdade de Medicina/USPRP

Irmãs siamesas unidas pela cabeça se recuperam após cirurgia

Bebês de um ano e dez meses foram operados neste sábado, 19, em Ribeirão Preto

Rene Moreira, especial para O Estado

20 Maio 2018 | 17h42

FRANCA - A segunda cirurgia para separação das irmãs siamesas Maria Ysabelle e Maria Ysadora, de um ano e dez meses, unidas pela cabeça foi realizada neste sábado, 19. Desta vez, os bebês tiveram separadas parte das veias da cabeça. 

A operação durou mais de oito horas e contou com a presença do neurocirurgião norte-americano James Goddrich, visto como referência na área. O procedimento, considerado bem-sucedido, foi realizado no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, no interior.

A família de Maria Ysabelle e Maria Ysadora é do Ceará e está com elas em Ribeirão desde o início deste ano. As meninas já passaram por uma cirurgia anterior e outras duas devem ser realizadas ainda neste ano.

Segundo o hospital, elas responderam bem ao segundo procedimento e permanecem na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Uma entrevista coletiva com os médicos, para informar detalhes da cirurgia, deve ser realizada nesta segunda-feira, 21.

Mais conteúdo sobre:
gêmeos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.