Irmãos são presos por assassinato de empresário

Dois irmãos foram presos anteontem à noite acusados de assassinar o empresário Ildeu Mendes da Silva no apartamento da vítima, na Alameda Eduardo Prado, Campos Elísios, região central. O crime aconteceu na noite de terça-feira. Silva foi asfixiado com um fio. Estava com os pés amarrados e a boca amordaçada.

Bruno Lupion e Camilla Haddad, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2010 | 00h00

A polícia chegou até os acusados por meio do rastreador do carro do empresário. Quando policiais chegaram até o Honda Civic da vítima prenderam o garçom Arthur Azevedo Soares, de 18 anos, e seu irmão, o lavador de carros Wuémerson Soares, 20.

Segundo a polícia, eles confessaram o crime e disseram ter conhecido Silva no Parque do Ibirapuera. A vítima teria feito uma oferta de emprego à dupla. Os três foram ao apartamento de Silva, onde também funcionava o escritório da sua empresa, que aluga equipamentos audiovisuais. Segundo os irmãos, Silva teria assediado sexualmente Wuémerson. O rapaz disse que deu uma gravata no empresário e ele desmaiou. Azevedo disse que não estava presente no momento em que seu irmão agrediu a vítima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.