Irmãos que estupraram mulheres em festa são suspeitos de assassinatos na Rocinha

Os irmãos Eduardo e Luciano dos Santos Pereira, acusados de premeditar o estupro de seis mulheres e a morte de duas delas durante uma festa de aniversário em Queimadas (PB), também são investigados pela Polícia Civil por um duplo assassinato na Rocinha, no Rio, e envolvimento em assaltos a bancos e homicídios na Paraíba.

O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2012 | 03h03

Os irmãos moram em Queimadas há três anos. Eles foram ouvidos ontem pela polícia, em Campina Grande, e levados para o Presídio do Serrotão. Nos depoimentos, segundo o delegado André Rabello, nove envolvidos confessaram ter participado dos estupros e atribuíram a Eduardo a autoria intelectual dos crimes. Ele confessou os abusos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.