Irmão de mecânico vem de Dracena para ele se entregar

Homem mantém a mulher e dois filhos reféns deste a noite de quarta-feira

20 de setembro de 2007 | 06h45

Durante toda a madrugada desta quinta-feira, policiais militares do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) negociaram com o mecânico para que libere sua família - a mulher e um casal de filhos, de 6 e 11 anos -, que ele mantém refém. Identificado apenas como Paulo César, de 36 anos, ele mantém os familiares no banheiro da casa desde as 23 horas de quarta-feira. O homem exigiu a presença do irmão, que é bombeiro e trabalha em Dracena, para se entregar. O irmão do mecânico saiu da cidade por volta da 1h desta quinta-feira. Enquanto isso, armado com uma faca, Paulo César continua a ameaçar seu familiares. O comentário geral é de que ele sofre de crises nervosas, agravadas por problemas financeiros. A polícia isolou a Rua Leão XIII, em Osasco, próximo à divisa com Vila dos Remédios, na zona oeste a capital.

Tudo o que sabemos sobre:
Osascoseqüestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.