IPT realiza buscas por máquinas soterradas na pedreira de Santos

Objetivo é localizar equipamento onde estariam os dois funcionários atingidos por deslizamento

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

15 de abril de 2011 | 17h04

SÃO PAULO - Uma equipe de geofísica do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) realiza nesta sexta-feira, 15, ensaios de "magnetometria" na pedreira em Santos, onde houve um escorregamento na última terça-feira, 12, soterrando duas pessoas.

 

O objetivo do procedimento é localizar equipamentos que foram soterrados, uma vez que os dois operários desaparecidos provavelmente se encontram dentro deles. A "magnetometria" permite reduzir a área de buscas e agilizar a ação de resgate.

 

Com o início dos trabalhos, a equipe do Corpo de Bombeiros, orientada pelos técnicos do IPT, conseguiu captar os sinais com o magnetômetro nas áreas mais críticas da pedreira. A interpretação dos sinais apontou regiões onde as máquinas provavelmente estão enterradas. O IPT afirmou que sua equipe permanecerá no local, para refinar a interpretação dos dados e dar eventual apoio necessário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.